Banhos de descarrego para atração de emprego e outros fins

Como essa Sexta-feira é da Paixão resolvi falar sobre algo que você pode estar fazendo para seu descarrego (Ebó/ Banhos / Limpeza), não importa se você é do Candomblé ou da Umbanda, pois a finalidade de se limpar é a mesma.

O médium iniciante ao se desenvolver na Umbanda, assim, como o já desenvolvido, ambos, seguem uma norma ritualística de banhos de descarrego, sempre quando há necessidade de se comunicar com as entidades espirituais de Umbanda ou até mesmo para o equilíbrio da vida do devoto.

Embora, às vezes, a entidade, muito rapidamente incorpora para transmitir uma mensagem ou praticar algum ato de caridade. E quando isso acontece não há tempo suficiente para preparar um banho de descarga. Esse fato acontece com médium extremamente sensitivo com coroade Jacutá.

A Umbanda possui um vasto receituário de banho de descarrego composto por: raízes, frutos e folhas verdes das ervas pertencente ao Orixá do médium.

O banho de descarrego se compõe, ainda, por: sal grosso, água do mar, do rio e cachoeira, cujas águas devem ser apanhadas no quarto crescente da Lua.

Há descarrego seco composto de folhas verdes de vários orixás as quais são passadas sobre o corpo do médium. São, também, considerados descarrego, a queima de fogo, (fundanga), e os sacudimentos.

Nem todo médium umbandista conhece as ervas e folhas de seu orixá-protetor. E, alguns só conhecem as ervas mais populares, muito usadas nos trabalhos de Umbanda e dos banhos de descarga, de atração, e amacis como: a arruda; guiné; aroeira; alecrim; e boldo.

Para se preparar um banho de descarrego com ervas verdes, estas, devem ser colhidas no quarto crescente da lua. As ervas devem ser maceradas pelas próprias mãos do médium ou do cliente em água fresca e limpa, coada, e jogada sobre o corpo em forma de cruz.

E quando tiver se banhando coloca uma pedra de carvão vegetal ou mineral em baixo do pé esquerdo. O bagaço das folhas maceradas e a pedra de carvão são despachados no mato limpo, rio ou mar.

Depois de descarregado pelo banho de ervas, acende-se uma vela e reza a oração do Anjo de Guarda acompanhada de um Pai e Nosso e uma Ave-Maria.

Os casos mais grave, como encosto, doença e perturbações espirituais são resolvidos no terreiro pelas entidades espirituais de Umbanda, através de passes, doutrinação de obsessor e corrente de passagem.

Abaixo Estão Alguns Banhos De Descarrego:

de atração, muito recomendado nos terreiros de Umbanda, e como deve banhar-se com água do mar, rio e cachoeira, quando se tratar de descarrego:

Banho De Descarrego

• Serve Para Vencer Demanda, Afastar Obsessor E Olho Grande:

Erva Abre Caminho, Arruda, e Sal grosso.

• Serve Para Cura E Afastar Doenças:

Canela de velho, Mamona, e Pinhão roxo.

• Serve Para Destruir Feitiços, E Afastar Inimigos.

Erva Vence Demanda, Peregun, e Aroeira.

• Banho De Atração:

Serve para aproximar alguém ou algo que se deseja.
Oriri de Oxum, Colônia, e Alecrim.

• Serve Para Arrumar Emprego E Atrair Negócio Comercial.

Alfazema, Para-raios, e Boldo.

• Serve Para Quebrar A Força Dos Inimigos E Atrair Bons Amigos Espirituais.

Alfavaca, Manjericão, e Poejo.

• Banho De Descarrego Com Água Do Mar, Rio E Cachoeira.

Serve para expulsar obsessor, tirar olho-grande e mau-olhado.

Eu Ebomi aconselho você a seguir também os preceitos de sua casa (barracão) ou Terreiro (Umbanda), se você realmente tem que ir para roça de santo, vá! Deixe para viajar depois das suas obrigações espirituais com sua casa e com seu anjo de guarda (Santo ou Orixá).

Um ótimo final de semana a todos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *